domingo, 17 de março de 2019

EQUIPES DE NOSSA SENHORA  -  MOVIMENTO DE ESPIRITUALIDADE CONJUGAL

O MATRIMÔNIO É A MELHOR GARANTIA PARA O AMOR, É O LUGAR NATURAL DA FELICIDADE E O CAMINHO SEGURO PARA A SANTIDADE!






Todos os dias, ao longo dos anos, vivenciamos um tempo que consideramos importante na Liturgia da Igreja que é a Páscoa do Senhor. Um evento continuado, experimentado, vivido ao longo dos séculos, que é a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte. Desde a criação Deus desejou que a humanidade tivesse um privilégio entre as criaturas. Deus nos fez à sua imagem e semelhança (cf. Gn 1,27), mas por ocasião do pecado de Adão e Eva rompeu-se o fio que nos ligava a Deus que podemos chamar de eternidade. Mesmo assim, Deus não desistiu de nós. Desde a Antiguidade, de vários modos e em várias ocasiões, Deus se aproxima da humanidade por meio dos profetas e, no tempo oportuno, por meio de seu Filho, Jesus Cristo. Se o tempo do Advento nos prepara para a chegada de Jesus, também o tempo da Quaresma nos prepara para o maior evento da nossa fé: a Páscoa. Advento e Quaresma são tempos diferentes, porém identificados pela cor roxa. Um nos prepara para o Natal e o outro para a Páscoa. O roxo é uma cor fechada que faz a pessoa voltar-se para si mesma, transmite uma sensação de tristeza e introspecção, mas por outro lado estimula o contato com o espiritual. Faz com que a humanidade se reconheça pecadora, imperfeita, fraca, mas com a esperança de se refazer. Na verdade, não é o pecador que se autodestrói, porque dentro de si tem uma luz de esperança. É um pecador curvado pelo pecado, mas que confia na misericórdia, que tem a certeza de que é amado, acolhido e perdoado. Quaresma no Calendário Litúrgico é um período de quarenta dias que antecede a maior Celebração do Cristianismo: a Ressurreição de Jesus Cristo, que é comemorada todos os domingos do ano. A Quaresma começa na Quarta- -feira de Cinzas e vai até o Domingo de Ramos. É um tempo forte de conversão, quando cristãos no mundo inteiro são convocados a fazer a experiência de uma vida mais voltada para Deus. Neste período, a Igreja no Brasil nos propõe a Campanha da Fraternidade desde 1962 com temas que exigem de nós um gesto concreto de conversão.
Este ano a Campanha da Fraternidade traz como tema: “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema: “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27). Tem como objetivo aprofundar o que são as “Políticas Públicas” enquanto garantidoras de direitos. É um tema bastante pertinente para o nosso tempo, visto que em nossa sociedade os mais pobres continuam cada vez mais privados de direitos básicos como emprego, alimentação, moradia, saúde e educação. O Papa Francisco nos tem chamado a atenção para uma realidade que está submersa em nosso mundo atual que são as periferias existenciais. Ele nos lembra constantemente que a política é o exercício do bem comum, “é a melhor forma de fazer caridade”. Das decisões políticas dependem milhões de pessoas. Não se faz política para beneficiar grupos ou partidos isolados. A política deve considerar o que é bom para todos. As Políticas Públicas não têm a ver diretamente com cargos públicos, embora estes devam estar a serviço da população em geral. Políticas Públicas visam garantir os direitos das pessoas de exercer sua cidadania, participando das decisões importantes de seu bairro e de sua cidade. Perguntamos a nós mesmos: Como está a situação do nosso país quanto aos direitos dos cidadãos? Aqui entra o que chamamos de conversão, mudança de atitudes ou transformação.
A proposta da Igreja para a vivência deste tempo quaresmal é sempre o jejum, a esmola e oração como exercícios que nos ajudam a experimentar a misericórdia e a graça divina da parte de Deus e a nossa fragilidade humana mergulhada neste amor que nos renova, nos ressuscita e nos faz viver de novo. A Quaresma é preparação para o evento mais importante da nossa fé cristã, por isso precisamos viver com intensidade a escuta e a meditação da Palavra de Deus que nos ajudam neste processo de formação e conversão. Muitas pessoas fazem alguns propósitos para viver melhor o tempo da Quaresma de modo penitencial, estabelecendo como regra de vida determinadas metas. Por exemplo: não tomar cerveja, não comer doces, não falar palavrão, etc. É um exercício válido, mas desde que estes os levem a uma mudança de vida. Ser sóbrios, prudentes, piedosos, pacientes, moderados, caridosos, misericordiosos são deveres cristão para todos os tempos litúrgicos. A Quaresma é este tempo forte para fazermos a nossa parte, por que Cristo fez a Dele: ”Se fez carne e habitou entre nós” (Jo 1,14), venceu o pecado e a morte, para que pudéssemos também ressuscitar.

Pe. Severino Isaias de Lima, sjc SCE Região Norte I
Fonte: Carta Mensal - 523 - Março 2019 - https://www.ens.org.br/carta-mensal/523

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019


Fonte: https://youtu.be/6eXO0cXRpl0



Oração pela canonização do servo de Deus Henri Caffarel




Deus nosso Pai, pusestes no fundo do coração de vosso servo Henri Caffarel um impulso de amor que o ligava sem reservas a vosso Filho e o inspirava a falar d'Ele. Profeta para o nosso tempo, ele mostrou a dignidade e a beleza da vocação de cada um, conforme a palavra de Jesus dirigida a todos: "Vem e segue-me". Ele tornou os esposos entusiastas da grandeza do Sacramento do Matrimônio, que significa o mistério de unidade e de amor fecundo entre Cristo e a Igreja. Mostrou que sacerdotes e casais são chamados a viver a vocação para o amor. Orientou as viúvas: o amor mais forte que a morte. Levado pelo Espírito, conduziu muitos fiéis pelo caminho da oração. Arrebatado por um fogo devorador, era habitado por Vós, Senhor. Deus nosso Pai, pela intercessão de Nossa Senhora, pedimos que apresseis o dia em que a Igreja há de proclamar a santidade de sua vida, para que todos encontrem a alegria de seguir Vosso Filho, cada um segundo sua vocação no Espírito. Deus nosso Pai, invocamos o Padre Caffarel para ... (especificar a graça a pedir) Amém.

Oração aprovada por Dom André Vingt-Trois – Arcebispo de Paris. "Nihil obstat": 4 de janeiro de 2006 – "Imprimatur": 5 de janeiro de 2006

No caso de obtenção de graças com a intercessão do Padre Caffarel entrar em contato com o casal representante da "Associação dos Amigos do Padre Caffarel" no Brasil: pe.caffarel@ens.org.br

Fonte: https://www.ens.org.br